Home A Utam Imprensa Fale Conosco

 

- Utam: o aroma do café em Ribeirão...
foto_fabrica4 (3)
Utam: o aroma do café em Ribeirão Preto
19 de junho de 2012

Ribeirão Preto, cidade que nasceu a partir da cafeicultura há 156 anos, é ainda hoje marcada pelo aroma de café torrado e moído logo em sua entrada. A Utam construiu um passado com mais de quatro décadas na cidade de Ribeirão Preto. Hoje, a empresa possui 43 anos e está no auge de sua modernização e é conhecida como marca da terra roxa. A empresa nasceu em 1969, quando várias torrefações se uniram para formar uma cooperativa denominada União dos Torrefadores da Alta Mogiana. Naquele momento, a estratégia dos fundadores era lançar uma única e forte marca. Assim nasceu o Café Utam.

“Essa união foi muito revolucionária para a época, pois 26 empresas se fundiram na cidade com muitas histórias, culturas diferentes, o que constituía um desafio para todos”, conta a diretora presidente do grupo Ana Carolina Soares de Carvalho.

Mais tarde, no ano de 1985, a família Júlio Soares, ligada à exportação de café cru e liderada pelo empresário Américo Júlio Soares, comprou a totalidade das ações. A venda da Utam foi necessária, já que a diversidade de opiniões e os vários modelos de gestão das 26 torrefadoras, não conseguiram efetivar uma padronização na liderança. “Essa diversidade não consolidava uma estratégia única e a administração pelo grupo fundador tornou-se insustentável. Foi quando nossa família comprou a totalidade das ações no ano de1985”, narra Ana Carolina. A decisão de manter a marca Utam como única foi inicialmente mantida pelo novo grupo acionário.

A partir deste momento, a proposta de ser uma potência regional ganhava sustentação. Os negócios do grupo passaram a demarcar todo interior do Estado de São Paulo e Minas Gerais. Com isso, foi inaugurada mais uma sede em Piumhi, Minas Gerais, no ano de 1990. No ano de 1997, uma nova unidade de industrialização foi implantada na mesma cidade, com equipamentos de última geração para seleção e beneficiamento de café, bem como todo processo de produção, com área total construída de mais de 5 mil metros quadrados.

A força de um trabalho sério e ético garantiu à nova estrutura crescer gradativamente e trouxe resultados à marca. No ano de 2000, uma central de vendas foi criada – desta vez na capital mineira, Belo Horizonte.

Com o passar dos anos, a administração implementada pelo grupo trouxe diretrizes estratégicas e incrementou o negócio com modernas tecnologias de produtos e processos que, aplicados à indústria, propiciaram modificações substanciais na manipulação, industrialização, envase e comercialização dos produtos.

Entre as inovações tecnológicas mais recentes, a empresa focou na modernização do parque industrial, com pesquisa, desenvolvimento e instalação de novos maquinários (re-beneficiamento, tulhas, torradores, moinhos, envase, automação industrial, enfardadeiras, entre outros), modernização de embalagens, importação de máquina italiana a vácuo, automatização da força de vendas, pockets com comunicação via celular e impressão das notas fiscais direto nos pontos de venda, incremento no mercado gourmet, entre outras diretrizes.

Essa história de sucesso sempre teve o objetivo de orientar o caminho da liderança para a empresa no mercado. Hoje, a Café Utam S/A é uma das empresas de maior know how no mercado. “Essa performance é estimulada por conta da necessidade de gerar crescimento a este produto nacional, o que garante a força do trabalhador do campo, a solidificação do agronegócio e o desenvolvimento econômico”, destaca a presidente da empresa.

Toda essa performance garante à empresa uma identificação com Ribeirão Preto. A maioria da população conhece a marca, o gosto e principalmente o cheiro da produção da companhia, logo na entrada principal da cidade.

Para a prefeita Dárcy Vera, que visitou recentemente a fábrica, o aroma da Utam é inesquecível.  “Todos que chegam aRibeirão Pretosentem o delicioso cheiro de café torrado. Virou marca registrada”, disse a Prefeita.


Compartilhe esse sabor